Sunday, January 08, 2006


.intimidei os dias a arder.nunca é noite para sempre.então dizem-me que nada é tão triste assim.como se fossem o fundo da minha algibeira.e eu achasse sempre no fim de cada um, um objecto que me trouxesse sorte.os momentos de aqui tem uma lua de cera, uma glória e empurram o sangue para a frente.os meninos sabem disso.são eles que me ensinam.e eles sabem fazê-lo melhor.disseram-me que a Hora é que espera por nós.
é sempre cedo quando saio de casa todos os dias.mas fica tarde e eu tenho sempre de ir.o caminho vai-me devolvendo o encanto ou instalando ainda mais a dor.às vezes quero só o silêncio.que encontro no barulho deles.infinituar-me no chão deles.e até é possível soprar o vento para maestro e desejar que ele goste de os encaminhar. a candura nos meninos sufoca mas renova em nações e nações celestes e sei então que trabalho nua.como se imitasse a água.a minha idade avança com a cor imensa do coração deles.e a minha boca é o símbolo das fábulas que se desenvolvem e que estão ainda por lhes escrever.que a minha vida poucas vezes me pertence e só vive nos poemas. queria então saber como se acrescenta portas ao corpo, para as abrir sem parar em mim própria e nunca acabar para sempre.assim faz cócegas na cabeça e vem cantar ao coração a loucura.e volto a ser doce e universal.a paciência é demorada.esgota terrenos por dentro. é como alguém que se debruça para gritar tempo sem fim perante um vale.e nunca há resposta.mas bate em nós o eco.eu tenho dons e durmo com a terra e tenho lugares de elevado esplendor que sinto pancadas violentas interiormente. a minha garganta é estranha. tem horas de enlouquecer e recomeçar. cria-se na vaidade do desassossego.quando Deus mostra a boca e abate sobre nós filamentos de válvulas. (como então há vidas que se fecham e se ensombram.)ele pode contra o mundo e vigia o avesso dos ponteiros do relógio.afinal a espera não é feita por nós, a contagem desce ligada à vida.e os recuos são pecados multiplicados.

3 Comments:

Blogger spartakus said...

hum hum...já nem sei se devo ou não aparecer...

January 08, 2006 6:29 AM  
Blogger porfirio said...

do arder que a noite intimida já grávida...

bjo

January 09, 2006 5:13 PM  
Anonymous fontez said...

bom blog.
ando a procura de pessoas para participar no tipo de forum-filos (como era na antiga Grécia) para fomentar ideias e discutir assuntos úteis.
Alinhas?

January 13, 2006 12:29 PM  

Post a Comment

<< Home